Coelhinho da Páscoa.

Enquanto mamãe e papai estão trabalhando eu e Cida gostamos de sair por aí. Vamos na Cobal, no parquinho do prédio, nas Lojas Americanas e, é claro, visitar meus colegas.

Ontem fui na casa do Arthur e conheci um morador novo: o coelho. De olhos vermelhos e pelos branquinhos, ele é uma gracinha. Será nosso convidado especial da festinha de hoje.

Estreia nos Palcos.

Este domingo foi do balacobaco. Mamãe acordou animada (acho que ela está começando a se acostumar com meus horários) e fomos tomar café da manhã na padaria. Experimentei pão de queijo e comi logo três. Gostoso…

De lá, eu, mamãe e Cida fomos passear na Lagoa no meu carango vermelho. Fiz o maior sucesso e as meninas todas me pediram carona. Aproveitei para brincar no parquinho do Baixo Bebê Lagoa e tomar uma mamadeira de água de coco. Na volta estava tão cansado que dormi ao volante, a caminho do carro da mamãe.

Mas nem deu tempo de eu dormir muito, porque à tarde fui ao teatro pela primeira vez. Fomos ver O Cirquinho de Luísa, um das poucas peças em que já posso entrar. Fiquei encantado com as músicas, as luzes e, principalmente, com os brinquedos espalhados pelo “palco”. Gostei em especial da bacia com água que estava bem ao lado da mamãe e do cachorrinho.

Com a mãe da Luisa

Quando cheguei em casa papai, dinda, tio Perrota e os primos Pe e Be estavam me esperando e fiquei brincando com eles.

Pocotó.

Um domingo destes fui com mamãe e papai na casa do tio biso Jóssio e depois passamos na casa da vovó Loló. Aproveitamos para passear um pouco na Praça Xavier de Brito.

Papai e mamãe também frequentaram esta pracinha quando eram crianças. Papai morava em frente, mas mamãe vinha de mais longe só para andar de charrete. É um pracinha famosa aqui no Rio de Janeiro e hoje em dia aos domingos, além dos cavalinhos, tem teatro e brincadeiras.

Assisti a uma parte do teatrinho e depois fomos dar uma volta de charrete.

Circo da Lulú.

Semana passada fui ao circo pela primeira vez…

Dia 10 de março minha amiga, prima, namorada Lulú completou um ano e me convidou para uma festinha em sua casa.  O tema foi circo e a tia Drica caprichou na decoração: estava linda, muito colorida e cheia de palhacinhos. Tinha até aquele tradicional nariz vermelho em forma de bola.  Me diverti pra valer!